Qual a importância da transformação digital para o varejo?

Qual a importância da transformação digital para o varejo?
6 minutos para ler

A transformação digital no varejo visa remodelar os negócios e proporcionar uma experiência mais inovadora aos consumidores, aumentando a competitividade no setor por meio da digitalização dos processos de compra e meios de pagamento.

Além disso, o setor de atendimento ao cliente pode ser adaptado para atuar de forma mais flexível e personalizada, de acordo com as necessidades do público-alvo do negócio, onde quer que ele esteja.

Portanto, para que você entenda melhor o que é transformação digital no varejo e por que esse conceito é tão importante, preparamos este post com uma série de informações úteis. Acompanhe a leitura do conteúdo para saber mais sobre o assunto!

O que é transformação digital no varejo?

De forma simplificada, é um conjunto de recursos e metodologias que o varejo utiliza para implementar tecnologia nos negócios e expandir o alcance da marca, otimizar o desempenho das vendas e assegurar respostas às necessidades do segmento.

Em outras palavras, é uma modificação estrutural que acontece em empresas de diversos nichos do mercado, inclusive no varejo, fazendo com que ferramentas tecnológicas como softwares, ERPs, internet das coisas e outras tendências integrem os processos cotidianos das organizações modernas.

Sendo assim, o que antes era considerado como um diferencial competitivo, hoje é o centro de uma experiência em constante evolução, com foco nos clientes e em sua satisfação com os produtos e serviços que consomem.

Quais são os principais recursos que a transformação digital pode oferecer para automatizar processos no varejo?

Existem inúmeras tecnologias criadas especificamente para agregar valor competitivo às empresas por meio da automação de tarefas e procedimentos cotidianos. E agora que você já tem uma perspectiva mais ampla sobre a transformação digital no varejo, a seguir mostraremos algumas das maiores tendências da atualidade no segmento.

Computação em nuvem

A Cloud Computing, como também é conhecida a computação na nuvem, é a base da maioria das tecnologias de automação atuais, pois ela permite não apenas que informações, arquivos e todo o tipo de dados sejam  armazenados em servidores virtuais, como também que processos sejam executados sem a necessidade de que softwares sejam instalados fisicamente nas máquinas das empresas.

É graças à computação em nuvem, por exemplo, que os dados de todos os departamentos de uma organização podem ser integrados em um único sistema de gestão e compartilhados entre os profissionais que compõem a equipe, gerando muito mais produtividade e assertividade aos negócios.

Para o varejo, essa tecnologia pode ser extremamente útil, agilizando o trabalho dos vendedores que podem ter acesso a informações sobre os produtos ou sobre o histórico de interações dos clientes durante a negociação, entre outras aplicações.

Softwares de gestão

Hoje em dia, existem softwares de gestão para os mais variados fins comerciais. Em sua grande maioria, essas ferramentas têm a finalidade de automatizar processos cotidianos, principalmente aqueles que estejam ligados a atividades financeiras e questões que exigem que cálculos complexos sejam feitos com minuciosidade.

No contexto de uma empresa do varejo, não é preciso ser um especialista em gestão tributária para saber que esse é um dos assuntos mais importantes do negócio, não é mesmo?

Sendo assim, é imprescindível que as soluções tecnológicas adotadas pela organização contem com recursos para emitir NF-e e NFC-e e, assim, evitem problemas com os órgãos fiscalizadores, além de proporcionar mais credibilidade ao negócio diante do mercado.

Internet das Coisas

É o tipo de tecnologia que parece ter saído de um episódio de Black Mirror e, por isso, muitas pessoas ainda acreditam que seja algo bom demais para ser verdade.

Contudo, a Internet das Coisas já tem feito parte do cotidiano de cerca de 48% das empresas ao redor do mundo. De forma simplificada, consiste em conectar dispositivos eletrônicos variados na internet e controlá-los de forma centralizada, a qualquer hora e em qualquer lugar.

No contexto empresarial, a IOT (Internet of Things), como também é conhecida, permite que os estabelecimentos sejam monitorados e controlados por seus gestores à distância.

No varejo, por exemplo, a IOT ajuda a monitorar as oportunidades de vendas em tempo real, além de rastrear as vendas perdidas na loja. Outro ponto interessante é o gerenciamento de estoque e controle de inventário, que pode ser otimizado. Em vez de os produtos seguirem um esquema fixo, podem ser auto-organizados e se basearem na demanda em tempo real. Entre outras aplicações úteis.

Inteligência artificial

Outra grande tendência em transformação digital para o varejo é a inteligência artificial, mais uma tecnologia que parece ter saído de um filme de ficção científica, mas que na realidade tem se tornado uma ferramenta indispensável para o setor de atendimento e relacionamento com o cliente.

A inteligência artificial é a tecnologia que dá vida aos chatbots, ou robôs de atendimento. Por sua vez, esses robôs permitem que as organizações mantenham o setor de comunicação com o cliente ativo em tempo integral. Ou seja, funcionando durante 24 horas por dia, todos os dias da semana.

A solução tem gerado grandes impactos para o varejo no âmbito digital e é por isso que cada vez mais empresas têm investido em inteligência artificial para automatizar processos e proporcionar uma experiência de consumo mais positiva aos seus clientes.

Quais os impactos positivos que a transformação digital no varejo pode gerar?

Antes de concluirmos, é importante que você conheça alguns dos maiores impactos que a transformação digital pode causar no setor varejista. Entre eles, podemos citar como principais:

  • aumento da eficiência dos processos;
  • otimização da experiência de compra do cliente;
  • melhoria do engajamento entre o consumidor e a marca;
  • aumento da vantagem competitiva para a empresa;
  • promoção do conceito de inovação no varejo;
  • mais credibilidade para o estabelecimento em seu setor de atuação.​

Como você pôde conferir neste artigo, a transformação digital no varejo é uma tendência em ascensão. Composta por tecnologias inovadoras como inteligência artificial, computação em nuvem e softwares de gestão, a digitalização de procedimentos e atividades só tem a acrescentar às organizações modernas.

Ainda existe alguma questão sobre a importância da transformação digital para o varejo que você não entendeu? Quer saber como podemos ajudar? Então entre em contato com a gente para descobrir!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-