10 lições que podemos aprender com Sam Walton (fundador do Walmart)

Sem dúvida, o Walmart é uma das maiores redes de varejo e faturamento na área do mundo. E seu fundador, Sam Walton, que faleceu em 1992, nos deixou muitas lições que todo empreendedor precisa saber.

O empreendedor nasceu na pequena cidade americana de Kingfisher, localizada no estado de Oklahoma. Ao contrário do que muitos podiam imaginar de uma pessoa que se tornou uma das mais ricas do mundo, Samuel Moore Walton – o verdadeiro nome de Sam – sempre cultivou hábitos simples, mas uma frequente obstinação por fazer sempre melhor.

Atualmente, o gigante do varejo enfrenta alguns problemas de competitividade com seus concorrentes, mas é inegável que as lições e a cultura criada por Sam Walton foram primordiais para o que se tornou o Walmart nos dias de hoje.

Então, continue a leitura deste post e confira agora algumas das lições que “a lenda do varejo mundial” nos deixou e que podem ser adaptadas para qualquer tipo de negócio!

1. Leia muitos livros sobre o seu negócio

Com grande curiosidade e vontade de aprender, Sam Walton era fanático pela leitura e buscava por conhecimento, constantemente, para aperfeiçoar o seu negócio. Isso acontecia muito antes de ele fundar o Walmart. O empreendedor pesquisava com frequência todos os negócios da pequena cidade, mas também usada os meios de comunicação da época para saber o que acontecia de novo no mundo.

Hoje, essa lição pode ser ampliada para o mundo digital. É preciso assistir a palestras de empresários diversos no Youtube, acessar com frequência o site e as redes sociais da concorrência para avaliar o comportamento dela, ler e-books sobre o seu segmento e ficar atento aos anúncios digitais que estão sendo veiculados no mercado.

Sempre com seu bloco de notas, Sam Walton não desperdiçava nenhum tipo de aprendizado; tudo que observava e escutava, que fosse relevante, era anotado. E esta já é uma importante lição para qualquer empresário: o estudo constante das novidades e oportunidades do seu negócio é essencial para o sucesso dele.

2. Copie o que já existe e aperfeiçoe

Muita gente passa a vida inteira atrás de uma grande ideia completamente nova, que vá revolucionar o mercado. Na grande parte das vezes, essa ideia nunca surge e as pessoas se frustram sem nada ter produzido. É melhor pensar sobre uma melhoria que pode ser feita em algo que já existe, do que ficar esperando uma milagrosa e brilhante ideia.

Sempre buscando aperfeiçoar o que já existia, Sam Walton levava essa questão muito a sério. Para ele, não era preciso inventar uma coisa totalmente nova para se conseguir alcançar o sucesso no mundo empresarial.

Um exemplo disso em nosso país são as Lojas Americanas, que seus compradores reestruturaram com base nas ideias apregoadas pelo grande varejista. Esse preceito de Sam Walton é uma grande verdade, muitos gestores já estão se aproveitando desse ensinamento.

Pense em quantas empresas de qualidade nasceram a partir do aperfeiçoamento de seus concorrentes? São empresas de celulares, de fast food, do ramo hoteleiro e de muitas outras áreas que se despontaram apenas aperfeiçoando os pontos fracos de outras empresas que já estavam no mercado há anos.

3. Venda barato e de maneira rápida

O Walmart tem a seguinte filosofia: “poupe dinheiro, viva melhor”. E isso não foi em vão. O principal objetivo de Sam Walton foi a venda de produtos com preços mais baratos que os de seus concorrentes.

Dessa forma, muitas vezes suas lojas não tinham uma localização tão adequada ou a melhor estrutura — ainda assim, com os atraentes valores, as filas sempre se enchiam de clientes. Ele tinha foco voltado para a vantagem no preço.

No mercado varejista atual, esse posicionamento continua sendo muito valorizado. Em vez de querer ganhar muito em poucos produtos, Sam Walton ensinou o valor de se ganhar pouco, mas de forma constante, de maneira que seus produtos pudessem ser consumidos por pessoas de classes sociais diferentes. Ele quis ofertar soluções que pudessem ser adquiridas por todo tipo de consumidor e que fizessem seu estoque girar rapidamente.

4. Divida os elogios com seus associados

Outra postura interessante de Walton era querer que os colaboradores se enxergassem como seus parceiros, e não apenas como empregados. Afinal, a vaidade nos negócios apenas atrapalha e saber compartilhar é fundamental para a prosperidade do empreendimento. Quando um resultado positivo é alcançado na equipe, ele não é apenas do gestor ou do vendedor, mas de todas as pessoas que, em algum momento, contribuíram para aquela conquista.

Esse não era apenas um valor que ele passava para sua equipe, mas que ele realmente vivia em seu cotidiano, por meio de hábitos muitos simples. O gestor cultivava o hábito de lavar o próprio prato, após as refeições. O que era visto pelas pessoas que conviviam com ele como uma prova de sua humildade.

Então, tente contemplar toda a sua equipe com os bons resultados da empresa. E, quando um cliente elogiar o seu negócio, demonstre isso para que toda a equipe saiba que esse resultado foi obtido pelo trabalho de todos os envolvidos. Ações como essa fortalecem o grupo e cria uma relação empática entre todos – lembrando que a empatia é o hábito de se colocar no lugar do outro.

5. Não tenha medo de errar

Antes mesmo de fundar o Walmart, Sam Walton possuía a franquia da rede Ben Franklin. Mas, as discussões eram constantes entre franqueado e franqueador, pois, constantemente, ele queria fazer modificações na loja que não eram permitidas.

Assim, Sam decidiu fundar sua própria loja: a Walton’s 5 & 10. E esse novo empreendimento foi um sucesso nos Estados Unidos. Posteriormente, ele descobriu uma nova espécie de varejo, que estava em ascensão em seu país, com a loja K-mart.

Assim, ele decidiu copiar esse modelo de negócio juntamente ao seu irmão Bud, criando o Walmart. Enfim, em apenas dois anos de trabalho, eles já contavam com 24 lojas abertas. Imagine se Sam Walton tivesse sido vencido pelo medo de falir ou de perder dinheiro? Provavelmente, ele teria ficado insatisfeito em uma franquia que não lhe vazia feliz e o Walmart nunca teria surgido.

É interessante que qualquer empreendedor perceba o erro como parte do processo e não como fracasso. As falhas permitem aos homens de negócio descobrir falhas que no futuro não serão mais cometidas.

6. Inove, como Sam Walton

Realmente, copiar e aperfeiçoar a concorrência é uma ótima estratégia. No entanto, em um determinado momento, você se verá competindo em pé de igualdade com os maiores do seu setor. Então, será a hora de se diferenciar.

Sam Walton fez isso investindo muito em logística, uma vez que sabia que essa era a melhor forma de se distanciar dos seus concorrentes e disparar em primeiro lugar. E estava certo: isso proporcionou ao Walmart uma logística considerada, por décadas, como a melhor do mundo.

Quanto a isso, ele dizia que grande parte das suas oportunidades foram criadas devido, justamente, às necessidades. Ou seja, o grande segredo do seu sucesso foi o de “nadar contra a maré”, por ter começado o empreendimento com baixo capital, ele teve que aprender, fazer e inovar.

7. Competir em tudo é difícil, logo, foque em algumas áreas

Em seu livro, Sam Walton disse que seria bem difícil uma pessoa conseguir criar um negócio do zero para concorrer com alguma empresa grande, mas que qualquer um poderia superar o Walmart em determinadas categorias de produtos.

Por serem lojas de departamento que vendem todos os tipos de produtos, é normal não conseguir se destacar no mercado, devido a essa grande variedade. Assim, um empresário poderia criar uma loja de algum setor e superar uma rede de varejo por causa da especificidade.

 

Tenha esse ensinamento também em sua área de atuação. Você pode ter uma equipe de ponta, mas uma tecnologia frágil; pode ter um modelo de negócio muito promissor, mas uma logística ainda pouco consolidada. Tenha consciência de seus pontos fortes e fracos é muito importante para avaliar o que realmente merece investimento.

8. Repasse o desconto do fornecedor ao cliente

Sabemos que muitas empresas varejistas nem sempre repassam o devido desconto aos seus clientes. Mas Sam Walton não usava disso para aumentar o próprio lucro — para vender mais barato, ele aplicava essa redução nos seus próprios produtos. Afinal, esse era um dos seus lemas.

Para conseguir isso, é importante manter uma relação de parceria com seus fornecedores, para que sempre seja possível negociar preços e condições mais favoráveis. Ajude a qualificar seus fornecedores oferecendo feedbacks constantes e pedindo que eles também contribuam para o seu crescimento.

O resultado dessa boa relação será um preço melhor para você, para o seu cliente e, automaticamente, um mercado mais justo e equilibrado.

9. Seja eficiente em cortar custos

Não é a toa que o Walmart chegou tão longe e continua sendo uma empresa competitiva. No entanto, oferecer preços mais baixos não é tão simples assim. Para isso, é necessário reduzir a margem — o que é, sem dúvida, um dos grandes desafios dos empresários.

O empreendedor que tem um modelo de negócio implantado, com um produto reconhecido e forte presença no mercado, possivelmente já se perguntou o que poderia fazer para crescer, expandir operações e ter maior lucratividade. E é nesse momento que deve considerar meios que reduzam custos, visando aumentar os ganhos.

Outra questão importante é garantir a excelência dos processos. Contudo, tenha cuidado nessa busca para não engessar demais esses processos e parar a inovação. Sem ela, o seu negócio rapidamente ficará para trás.

10. Comprometa-se com o seu negócio

Por fim, “dê valor ao seu empreendimento, mais do que ninguém” — era o que Sam Walton dizia. Em outras palavras, não fique esperando que as pessoas motivarão você a seguir em frente e ter fé no que está construindo.

O empresário deve ser o primeiro a acreditar no seu negócio, suas escolhas, planos e no futuro que almeja alcançar. Envolver-se com o seu projeto é essencial: observe e pense nas oportunidades que o empreendimento poderá lhe trazer e dê o seu melhor para conseguir o sucesso!

Bem, como vimos, as lições do grande varejista Sam Walton são, até hoje, uma grande fonte de inspiração para os novos empreendedores. E aplicar esses conceitos pode ser a chave para atingir suas metas.

Então, gostou do nosso post? Agora, aproveite para curtir nossa página no Facebbok e se inscrever no nosso canal do YouTube para ter acesso a outros conhecimentos que podem deixar seu negócio mais interessante e competitivo!

materiais-gratuitos-gestao-fiscal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This