Como o visual merchandising pode maximizar as vendas?

O visual merchandising é um conceito de varejo consagrado que se concentra em melhorar o apelo estético de um produto ou loja para atrair clientes e aumentar as vendas.

Isso é estratégico porque a maioria das informações que nosso cérebro processa (83%) chega a nós por meio da visão. Somos extremamente visuais ao captar informações. É aí que entra o visual merchandising.

Há muitas formas dos varejistas otimizarem cada metro quadrado de uma loja segundo esse conceito. Neste post vamos analisar como você pode usar o visual merchandising para impulsionar as vendas. Continue a leitura!

Utilize cores 

As cores desempenham um papel importante para atrair um cliente em potencial para a sua loja. Elas também têm o poder de evocar emoções fortes e influenciar a maneira como seu produto é percebido.

Nosso cérebro atribui certas emoções a cores específicas. Enquanto azul e verde são calmantes, por exemplo, vermelho e laranja são consideradas cores excitantes.

Além disso, pesquisas sugerem que as pessoas têm maior probabilidade de se lembrar de uma cor do que de um objeto ou produto. O mesmo estudo diz que os compradores tomam uma decisão de compra dentro de 90 segundos de interação com um produto, e mais de 60% da avaliação é baseada apenas na cor.

Cores ousadas chamam a atenção, mas é importante analisar os contrastes. Se você perceber que as lojas vizinhas estão cheias de vermelho e laranja, use uma paleta mais escura para criar um contraste forte.

Usar um pano de fundo sutil pode ajudar a manter a atenção do seu cliente nos produtos que você deseja vender. Essa é a razão pela qual muitos varejistas optam por fundos de cor sólida (particularmente branco ou preto): os produtos ganham destaque nesse cenário. 

Brinque com a sinalização

A sinalização da sua loja pode ser direcional, informativa ou promocional e o visual merchandising pode envolver esse aspecto da sua loja.

Sugestões visuais inteligentes orientam o seu cliente de forma estratégica e lhe fornecem as informações que necessitam, quando precisam. Pense na sinalização como uma fonte eficaz de informações enquanto sua equipe de vendas está ocupada com outros clientes.

Brinque com gráficos, imagens e iconografia para adicionar personalidade à identidade visual de sua loja e atrair seu cliente. Seus anúncios podem fornecer as informações de que os consumidores precisam enquanto ainda são uma extensão de sua marca. Portanto, crie alternativas divertidas. 

Certifique-se de que sua sinalização possa ser entendida de imediato. Teste a eficácia da sinalização: peça a um amigo ou membro da família que localize um produto em sua loja e observe seu comportamento. Observe onde eles esperam ver informações e não se esqueça de colocar sinalização nessas áreas-chave.

Use a luz

A iluminação molda a atmosfera geral de sua loja e ajuda a chamar a atenção de um comprador para um item específico em uma exibição. Assim como a sinalização, ela pode guiar com elegância o comprador até as áreas da loja que você quer destacar.

Existem três técnicas básicas de composição com a iluminação: a iluminação ambiente, a iluminação de realce e a iluminação dramática.

A iluminação ambiente é a iluminação geral da sua loja. A de realce atrai o foco do comprador para uma exibição específica. Já o último tipo de iluminação tende a ser mais dramático, na medida em que joga com luz e sombra para criar um efeito intrigante.

Tenha cuidado para não deixar sua iluminação ambiente muito fraca, pois ela é responsável pelo impacto principal e pode afetar a experiência do cliente. 

O contraste facilita a percepção. A iluminação de realce deve ser usada esparsamente para evitar que seu efeito seja anulado pelo excesso. Além disso, seja criterioso com os produtos você deseja destacar. 

Crie narrativas

Uma maneira inteligente de usar o visual merchandising é criar narrativas. A forma como você dispõe os produtos pode chamar a atenção do cliente e até mesmo fazer com que ele imagine de que forma eles podem ser usados.

Comece contando uma história. Por exemplo, se uma área da sua loja vende itens de vestuário que combinam com a ideia de sair à noite, você pode usar uma iluminação típica de discoteca para incutir no consumidor a ideia de que ali está acontecendo uma festa. Use a música ambiente para reforçar essa ideia. Assim, o consumidor entra no clima certo para comprar esses produtos. 

Busque criar exibições ímpares. É mais provável que você capture o olhar de um cliente quando o cérebro é acionado por desequilíbrio. Buscamos ritmo visualmente e quando há um desequilíbrio isso nos desestabiliza e chama a atenção. 

Incorpore no display algo que quase pareça deslocado, fora do lugar ou estranho. Surpreenda! 

Estabeleça hierarquias

Existe o risco do visual merchandising não funcionar quando você utiliza os recursos de maneira uniforme. Experimente usar diferentes alturas para criar contraste visual, captar o interesse do cliente e impulsionar o engajamento com seus produtos.

Uma possibilidade é criar um ponto focal claro e posicionar os produtos em formato de cascata, um abaixo do outro. Essa técnica é chamada de Princípio da Pirâmide.

Incremente suas vitrines

Sua vitrine é a primeira impressão que seu cliente terá da sua loja física. É um ótimo lugar para informar aos compradores as novidades, quais são os produtos mais vendidos e para dizer o que está à venda. 

Pense na sua vitrine como uma forma de se comunicar e jogar com a imagem da sua marca.

Use elementos repetidos para criar uma exibição poderosa e destacar uma variedade de produtos. Com isso em mente: 

  • evite a desordem. Garanta que haja espaço adequado em torno dos produtos que você está exibindo;
  • atualize sua vitrine pelo menos uma vez por mês para continuar atraindo clientes para sua loja.

Coloque seu estoque mais atual na frente e no centro para que os clientes fiéis verifiquem o que há de novo na loja.

Aposte na tecnologia 

O impacto da tecnologia no varejo está em crescimento constante. Um dos destaques nesse sentido é o marketing digital. Outra forma de incorporar a tecnologia via visual marketing é utilizando a sinalização digital, que chama a atenção dos clientes nas lojas.

Outros elementos, como tablets, que permitem que os compradores pesquisem produtos, por exemplo, também são uma estratégia a ser considerada. 

Analise a possibilidade de instalar telas e utilizar softwares para exibir imagens, vídeos ou promoções de produtos, realizando ações de marketing dentro da loja. Essa é uma forma interessante de dar destaque ao lançamento de produtos, por exemplo. 

O visual marketing é um ponto muito importante para uma loja atrair clientes e converter vendas. Experimente as técnicas destacadas acima e verifique os resultados, analise o que fica mais adequado ao seu negócio.

Combine diferentes métodos para chegar à estratégia ideal. Para saber mais sobre o visual merchandising e como ele pode ser implantado em seu negócio, entre em contato conosco!

materiais-gratuitos-gestao-fiscal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This