Principais expectativas dos cenários econômicos no varejo para 2019

cenários econômicos para 2019
7 minutos para ler

Apesar de ter sido bastante complexo para a economia do Brasil, muitos empresários estão conseguindo fechar o ano com números positivos. A previsão dos cenários econômicos para 2019, embora ainda seja um assunto que diverge opiniões entre especialistas, é positiva.

Porém, é preciso analisar todos os fatores internos e externos que afetam o mercado, como a drástica mudança no formato do governo, as tendências de consumo cada vez mais segmentadas e as soluções baseadas em tecnologia.

Quer ter uma perspectiva mais ampla sobre as principais expectativas dos cenários econômicos no varejo para 2019? Então, acompanhe a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

Quais foram as previsões de crescimento do PIB ao longo de 2018?

A previsão de crescimento, que antes era de 1,6%, foi reduzida para 1,4% por conta de fatores estimados pelo mercado financeiro, como câmbio, juros e a expectativa de inflação, de acordo com dados levantados pelo Banco Central.

Embora isso pareça uma notícia negativa, já que foi a terceira vez que a expectativa de crescimento da economia nacional foi revisada no mesmo ano, de acordo com especialistas, estima-se que 2018 fechará com uma alta de 2,2% de seu produto interno bruto — valor que, se comparado aos dados levantados em dezembro de 2017, apontam uma alta de 2,6%.

O PIB representa a soma de todos os bens e serviços realizados no país, independentemente de qual seja a nacionalidade de quem os produz, e, no contexto econômico, é a métrica mais utilizada para mensurar a real situação financeira do Brasil.

Como as paralisações no setor de transporte de cargas afetaram o cenário econômico do Brasil em 2018?

As revisões pelas quais o PIB passou em 2018 refletem uma certa instabilidade no mercado, mas com uma perspectiva positiva para os cenários econômicos para 2019.

A paralisação no setor dos transportes de cargas, embora tenha afetado nosso PIB — que, de acordo com o presidente Temer, poderia ter alcançado a casa dos 3,5% em 2018 —, não impediu que o Brasil fechasse o ano com boas expectativas para 2019.

O fato é que, em 2017, após dois longos e árduos anos de tombo, a economia brasileira conseguiu sair da recessão, registrando uma expansão de 1%, conforme os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sendo assim, apesar das dificuldades financeiras e desafios encontrados pelo caminho, 2018 foi o segundo ano consecutivo que o Brasil fecha a conta com números positivos, o que tem fomentado ótimas expectativas para 2019 — um crescimento de aproximadamente 1,35%.

Além dos fatores citados, há muita especulação em relação às mudanças radicais no Governo. Falaremos mais sobre isso no próximo tópico.

Como o novo governo poderá impactar os cenários econômicos para 2019?

Segundo uma pesquisa realizada pelo G1 com seis economistas sobre suas expectativas em relação à capacidade do novo governo de impulsionar a economia, gerar mais empregos, obter aprovação de reformas e reequilibrar as contas públicas, cinco dos entrevistados responderam que o governo de Bolsonaro conseguirá promover o crescimento da economia.

Entre os economistas que têm uma perspectiva positiva sobre os cenários econômicos para 2019, as reformas na economia, em especial a da Previdência, são citadas frequentemente como condições primordiais para que o crescimento do PIB se concretize.

De acordo com um dos profissionais entrevistados, há uma grande expectativa de que a equipe econômica do novo governo implemente reformas estruturais importantes para o reequilíbrio das contas públicas, o que contribuirá com o aumento da confiança tanto dos empresários quanto dos consumidores no Brasil.

“Esse movimento destravará os investimentos que ficaram paralisados no passado e incentivará a retomada do consumo”, disse um dos entrevistados, completando com a afirmação de que os empresários e o mercado estão bastante entusiasmados, e o índice de investimentos deve subir.

Quais serão os fatores favoráveis aos cenários econômicos de 2019?

Agora que você já sabe que podemos esperar um panorama positivo para a economia do Brasil em 2019, mostraremos em quais segmentos as tendências de crescimento se apresentam bastante favoráveis, com base nos fatores mencionados anteriormente.

Diferenciação em produtos e serviços para o perfil de cada cliente

O que algumas pessoas chamam de “gourmetização”, outras consideram diferenciação. O fato é que se destacar da concorrência, investindo em diferenciais competitivos que atraiam os olhos do consumidor, é a tendência para o ano que está por vir. O conceito do produto pouco dinâmico e enlatado está ficando obsoleto.

Cada vez mais consumidores procuram por empresas que tenham diferenciais tangíveis, materiais únicos, ingredientes exclusivos, serviços com um toque a mais. Mas tome cuidado, pois não basta oferecer ao mercado algo diferente, é preciso que tenha qualidade.

Informatização das vendas

Serviços monitorados por aplicativos, vendas no âmbito virtual e gestão de clientes digitalizada são aspectos que mostram que a era da internet está fomentando empresas dos mais variados nichos do mercado.

Negócios que investem na informatização de soluções aos seus clientes e aos procedimentos operacionais são mais produtivas, poupam tempo e dinheiro, além de serem mais lucrativas e dinâmicas.

Uma grande tendência para os cenários econômicos para 2019 é o uso de softwares de gestão em nuvem. Ou seja, ERPs. Estamos falando de um sistema moderno, eficiente e capaz de gerenciar todos departamentos de uma empresa, do financeiro ao controle de estoques, sem burocracias.

Segmentação

Não estamos mais nos tempos em que as empresas não focavam em um nicho específico do mercado, atirando para todos os lados. A popularização do acesso à internet e aos smartphones, juntamente aos avanços em marketing, são fatores que têm contribuído com a segmentação da publicidade — e isso virá com tudo em 2019.

O que queremos dizer é que, a cada dia, os públicos são mais segmentados. Hoje, existem muitos mais perfis do mercado a serem explorados. Por exemplo, restaurantes veganos, estabelecimentos especializados em um único produto, clubes de assinatura etc.

Para obter sucesso em meio a essa projeção, é preciso investir em pesquisas e análises detalhadas sobre o perfil do seu público-alvo, para que seja possível apresentar produtos e serviços que realmente atendam às necessidades de seus clientes e se dialoguem da forma como eles desejam.

Como você pôde conferir neste artigo, existem diversos fatores políticos e socioeconômicos que estão contribuindo diretamente para que as expectativas para os cenários econômicos para 2019 sejam positivas.

As empresas que mais se beneficiarão desse crescimento serão aquelas que se prepararem para as tendências de consumo e realizarem projeções sobre como o mercado se comportará perante as inovações que estão por vir.

Conhecer as principais expectativas dos cenários econômicos no varejo para 2019 foi útil para você? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais artigos como este e se manter atualizado sobre o mercado!

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-